No dia 30 de março, os acolhidos do Arsenal da Esperança receberam vacina contra a covid-19

Date 08-04-2021

 


“Oi, mãe, tudo bem? Vou tomar a vacina hoje! A senhora não acredita? Vou tomar às 10h. Olha, mãe, todo mundo aqui vai tomar hoje!”. “Você já tomou? Nossa! Cê foi um dos primeiros então!”

 Clima “elétrico” no último dia 30 de março no Arsenal da Esperança: um pouco de apreensão, mas sobretudo muita felicidade!

 Os acolhidos da casa foram vacinados contra a covid-19. Sem dúvida, um grande dia!

 Este dia se insere no âmbito da parceria entre as Secretarias Municipais de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) e de Saúde (SMS) e chega depois de uma maratona de mais de um ano durante o qual o Arsenal sempre procurou – e continuará procurando – fazer o máximo para enfrentar os riscos da pandemia em um ambiente tão complexo, no qual convivem e transitam diariamente centenas de pessoas em situação de vulnerabilidade.

 No dia anterior (29) foi realizado um encontro de sensibilização sobre o que iria acontecer no dia seguinte, também para dar conta de quanto é precioso receber a vacina num contexto em que todos – literalmente todos – estão ligados a uma variável fundamental: a quantidade de vacinas disponíveis.

 A vacina foi aplicada no centro médico do Arsenal pela equipe do Consultório na Rua da Mooca.

 “Continuaremos fazendo a nossa parte - diz Pe. Simone Bernardi, um dos missionários SERMIG - Fraternidade da Esperança, a comunidade responsável pelo Arsenal – para dar a cada um dos acolhidos a oportunidade de ficar em casa e de se cuidar, contribuindo assim para a erradicação desta pandemia”.

 O Arsenal da Esperança também continua contando com a sua ajuda para que siga acolhendo quem hoje está hospedado conosco e recebendo todos aqueles que estão por vir!
 

Foto: José Luiz Altieri Campos.

Questo sito utilizza i cookies. Continuando la navigazione acconsenti al loro impiego. Clicca qui per maggiori dettagli

Ok