Uma hospedaria em quarentena

Date 27-06-2020

 

A reunião desta manhã foi para comunicar a flexibilização da quarentena: a partir de segunda-feira de manhã, o portão do Arsenal estará novamente aberto. Antes de pensar aquilo que cada um de vocês é livre para pensar, tentem acompanhar o nosso pensamento...

Neste domingo, dia 28 de junho, chegaremos ao 96° dia de quarentena. 96 dias de lockdown de verdade, que fizemos porque acreditávamos – e ainda acreditamos – que era o melhor a se fazer.

O Arsenal da Esperança se tornou uma "hospedaria em quarentena" que, além de nos proteger, nos fez redesenhar o nosso modo de estar aqui e, talvez, o nosso modo de estar no mundo. Só Deus sabe quantas situações, pensamentos e gestos aconteceram nesses dias. Deus sabe porque os acompanhou todos, e agora eles são um patrimônio de bem enorme, que fará parte da história de quem estava ali.

Douglas, um dos quarentenados, disse que “Fico surpreso que as pessoas tenham se mantido tão tolerantes todo esse tempo. Em proporção, aconteceram poucas discussões. Aqui dentro somos todos diferentes, cada um é um universo, mas conseguimos conviver... Aqueles que não aguentaram mais ficar fechados, um pouco de cada vez se foram, saíram. Depois de todo esse tempo, eu também senti que ‘morar cansa’”.

A reunião desta manhã foi para comunicar o fim da quarentena, mas não o fim do perigo nem do medo. Fizemos um novo pacto, será um modo diferente e ainda mais difícil de nos protegermos, de cuidar, de continuar a lutar!

Mas, para isso, seria necessário outro post...

Neste ponto, pensem o que acharem melhor, mas não nos deixem sozinhos.

 

@arsenal_da_esperanca - Facebook

@arsenal_da_esperanca - Instagram

Quarentena no Arsenal da Esperança

Questo sito utilizza i cookies. Continuando la navigazione acconsenti al loro impiego. Clicca qui per maggiori dettagli

Ok